Escola Paulista de Medicina
Postgraduate Program Name

Por Milena de Oliveira Martins Kis

Aluna do Laboratório de Humanidades (Eletiva) do CeFFi-Unifesp (Dezembro de 2019)

“Quão perigosa é a aquisição do conhecimento e quão mais feliz é o homem que crê que sua vila natal é o mundo, do que aquele que aspira tornar-se maior do que sua natureza permite.”

Mary Shelley nomeou sua obra como ‘Frankenstein, ou o Prometeu moderno’, explicitando todo o egocentrismo de Victor ao pensar que sua ideia fixa o tornaria o benfeitor da humanidade; aquele que toma dos deuses não o fogo, mas a vida, e a devolve aos homens. Com sua ideia fixa e a ilusão de que a ciência serve tão somente aos bons fins, o cientista perde suas próprias noções de limite frente à sua necessidade de grandeza. A autora estava discutindo questões que, anos depois, veríamos explícitas: a ciência, que só promovia bons avanços, desenvolveu as bombas atômicas e as câmaras de gás, permitindo genocídios e destruições em massa.

Relato final da disciplina, por Vitor Gabriel Lopes da Silva (graduando de Medicina)

            Eu imagino que esse último mês tenha sido muito difícil para todos. Eu faço parte da representação discente no Conselho de Graduação e na representação de turma, então eu tive um mês muito estressante nesse contexto, pois tive diversas reuniões, apresentação de pesquisas sobre as condições dos estudantes para realizar atividades à distância, até que culminou na suspensão do calendário acadêmico da universidade.

por Yuri Bittar (CeHFi-Unifesp)

Sabe aquela sensação de ser a única coisa entre as pessoas e o abismo? Você quer alertar todos sobre o perigo, mas não consegue, pois está muito ocupado segurando os que estão quase caindo, você quer gritar, mas o som não sai da sua boca, porque todo seu esforço concentra-se nos braços.

IMG 4131

Page 1 of 11

© 2013 a 2022 - Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Rua Loefgreen, 2032 - Vila Clementino, São Paulo - SP 

Please publish modules in offcanvas position.