2022 - A CONTRIBUIÇÃO DO LABORATÓRIO DE LEITURA (LABLEI) COMO FACILITADOR DO PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO DE MULHERES PARTICIPANTES DO PROJETO BORBOLETA, DA AACD - Ricardo Mituti Junior

Dissertação apresentada à Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, para obtenção do Título de Mestre em Ciências.

Orientador(a): Prof. Dr. Dante M. Claramonte Gallian

São Paulo 2022

VERSÃO COMPLETA EM PDF

Resumo

Objetivo: Este trabalho avalia os resultados da aplicação do Laboratório de Leitura (LabLei), atividade realizada no Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde da Universidade Federal de São Paulo (CeHFi-Unifesp), na rotina de participantes do Projeto Borboleta, iniciativa de voluntariado que beneficia mães, avós e cuidadoras de crianças e jovens com deficiência atendidos pelo Lar Escola São Francisco, da AACD. Os objetivos foram verificar a hipótese de contribuição da experiência na forma como essas mulheres vivenciam a deficiência e analisar o impacto dos debates na ressignificação de opiniões sobre empatia, alteridade e autoidentidade relacionadas à deficiência, contribuindo para um movimento de tomada de consciência e autoconhecimento que, por sua vez, poderiam fomentar a humanização. Métodos: A pesquisa amparou-se na aplicação das três etapas do LabLei: Histórias de Leitura, Itinerário de Discussão e Histórias de Convivência. A metodologia de investigação de base qualitativa fundamentou-se na Observação Participante e na abordagem da Imersão e Cristalização, para análise das narrativas coletadas, em diálogo com referencial teórico. Resultados: Foram aplicados sete ciclos do LabLei, num total de 28 encontros de 1h30 cada. Apuraram-se 175 temas. Destes, empatia e alteridade foram analisados por uma perspectiva filosófica em artigo publicado pela revista Interface. Num segundo artigo, em avaliação pela Revista Crítica de Ciências Sociais, foram trabalhadas a autoidentidade e a identidade das colaboradoras por um viés sociofilosófico. Ambos os artigos sintetizam os resultados da pesquisa. Conclusões: A intervenção contribuiu para os objetivos do Projeto Borboleta na medida em que permitiu o esperado movimento de tomada de consciência e de autoconhecimento, facilitadores de um possível processo de humanização. Pode-se dizer que este trabalho oferece resultados que contribuem para a reflexão sobre temas correlacionados e adicionam valor à proposta do Projeto Borboleta, proporcionando sensação de acolhimento a partir de um novo olhar para a deficiência. É neste ponto que se observa um vínculo entre tal realidade e a humanização e se justifica a investigação dos efeitos da literatura – objeto do LabLei – como instrumento humanizador.

Descritores: Laboratório de Leitura; LabLei; Humanização; Literatura.

Abstract

Objective: This work evaluates the results of the application of the Laboratório de Leitura (LabLei), an activity carried out at the Center for History and Philosophy of Health Sciences of the Federal University of São Paulo (CeHFi-Unifesp), in the routine of participants in the Projeto Borboleta, a volunteer initiative which benefits mothers, grandmothers and caregivers of children and young people with disabilities attended by the AACD Lar Escola São Francisco. The objectives were to verify the hypothesis of the contribution of experience in the way these women experience disability and to analyze the impact of debates on the resignification of opinions on empathy, otherness and self-identity related to disability, contributing to a movement of awareness and self-knowledge that, in turn, they could foster humanization. Methods: The research was supported by the application of the three stages of LabLei: Histórias de Leitura, Itinerário de Discussão and Histórias de Convivência. The qualitative-based research methodology was based on Participant Observation and the Immersion and Crystallization approach, to analyze the collected narratives, in dialogue with the theoretical framework. Results: Seven LabLei cycles were applied, in a total of 28 meetings of 1h30 each. 175 subjects were selected. Of these, empathy and otherness were analyzed from a philosophical perspective in an article published by Interface magazine. In a second article, being evaluated by the Revista Crítica de Ciências Sociais, the self-identity and identity of the collaborators were worked on from a sociophilosophical perspective. Both articles summarize the research results. Conclusions: The intervention contributed to the objectives of the Projeto Borboleta insofar as it allowed for the expected movement of awareness and self-knowledge, facilitating a possible humanization process. It can be said that this work offers results that contribute to the reflection on correlated themes and add value to the Projeto Borboleta proposal, providing a feeling of welcome from a new perspective on disability. It is at this point that a link between this reality and humanization is observed, and the investigation of the effects of literature – the object of the LabLei – as a humanizing instrument is justified.

 

Keywords: Laboratório de Leitura; LabLei; Humanization; Literature.

Mituti Junior, Ricardo

A contribuição do Laboratório de Leitura (LabLei) como facilitador do processo de humanização de mulheres participantes do Projeto Borboleta, da AACD / Ricardo Mituti Junior. - São Paulo, 2022.

xi, 168f.

Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva.

Título em inglês: The contribution of the Reading Laboratory (Laboratório de Leitura/LabLei) as a facilitator of the process of humanization of women participants in the AACD's Butterfly Project (Projeto Borboleta).

1. Humanização da Assistência. 2. Literatura. 3. Narrativa Pessoal. 4. Crianças com Deficiência.

Mituti Junior, Ricardo

A contribuição do Laboratório de Leitura (LabLei) como facilitador do processo de humanização de mulheres participantes do Projeto Borboleta, da AACD / Ricardo Mituti Junior. - São Paulo, 2022.

xi, 168f.

Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva.

Título em inglês: The contribution of the Reading Laboratory (Laboratório de Leitura/LabLei) as a facilitator of the process of humanization of women participants in the AACD's Butterfly Project (Projeto Borboleta).

1.  Humanização da Assistência. 2. Literatura. 3. Narrativa Pessoal. 4. Crianças com Deficiência.

© 2013 a 2022 - Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Rua Loefgreen, 2032 - Vila Clementino, São Paulo - SP 

Please publish modules in offcanvas position.