Escola Paulista de Medicina
Postgraduate Program Name

Seminário do grupo de pesquisa de humanidades, narrativas e humanização em saúde

"O Seminário do grupo de pesquisa de humanidades, narrativas e humanização em saúde tem como objetivo proporcionar aos pesquisadores uma maior imersão nos temas propostos, sempre voltado às pesquisas de cada participante, buscando além do aprofundamento uma aproximação e colaboração entre as pesquisas..."

 

INSCRIÇÕES

Formulário de inscrições CeHFi 2021/1 (de 01/02/2021 a 26/02/2021)

Somente alunos regularmente matriculados nos programas de pós graduação da UNIFESP (inscrição via site do CeHFi)

* ATENÇÃO - a partir deste semestre cada aluno só pode participar de uma única disciplina do CeHFi por semestre. Para exceções favor entrar em contato enviando justificativa. 

Disciplina de Pós Graduação (Grupo de pesquisa apenas para orientados do CeHFi e pesquisadores associados)

1º SEMESTRE DE 2021

Professor Responsável: Prof. Dr. Dante Gallian (CeHFi – PPGSC - PPGECS)

Professores Participantes: Prof. Dr. Dante Gallian (CeHFi – PPGSC - PPGECS), Prof. Dr. Simeão Sass (CeHFi), Profa. Dra. Nádia Vieira (CeHFi), Profa. Dra. Viviane Cristina Cândido (CeHFi)

Promoção: Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde (CeHFi) / Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva do Dep. de Med. Prev. da EPM/ Programa de Pós-Graduação Ensino em Ciências da Saúde do CEDESS-UNIFESP.

Atividades síncronas (aulas presenciais) às quartas-feiras (quinzenal), 10 – 12:00hs e atividades assíncronas (leitura) por 2 horas semanais

Carga Horária Didática: 18

Carga Horária Atividades: 36

Créditos: 4 (mínimo de 75% de presença e aproveitamento em avaliação escrita)

Vagas: 20

Pré-requisito: ter cursado a disciplina Humanidades e Saúde.

EMENTA

O Seminário do grupo de pesquisa de humanidades, narrativas e humanização em saúde tem como objetivo proporcionar aos pesquisadores uma maior imersão nos temas propostos, sempre voltado às pesquisas de cada participante, buscando além do aprofundamento uma aproximação e colaboração entre as pesquisas. Desta forma propomos avançar e ampliar a compreensão da temática da humanização em saúde, investigando o papel que pode desempenhar as humanidades e, particularmente, as narrativas neste processo formativo e de vivência profissional. Neste sentido, procurando confluir projetos de pesquisa que já vinham sendo desenvolvidas paralelamente, propomos a realização de trabalhos em duas grandes frentes:

1) Teórico-conceitual: visando, através de abordagens histórico-filosóficas, o aprofundamento e esclarecimento dos conceitos centrais neste projeto: Humanidades, Narrativas e Humanização;

2) Empírico-experimental: visando, através de abordagens metodológicas qualitativas, fundamentadas em narrativas e observação participante, compreender de que forma e em que medida, no âmbito das humanidades, as diversas formas de narrativa (Literatura, História, Histórias de Vida, Artes, Cinema, etc.) podem contribuir para a humanização em saúde, seja no âmbito formativo, seja no âmbito da prática e da pesquisa.

Local: aulas "online" no Google Meet

Metodologia:

- Leitura prévia de textos determinados e discussão dos mesmos nos encontros do Seminário

Avaliação:

- Elaboração de um artigo científico nos moldes da ABNT versando sobre um dos temas abordados durante o curso.

PROGRAMAÇÃO:

10 de março

Dante Gallian - Apresentação: objetivos e metodologia do Seminário de Pesquisa

24 de março

Apresentação de Pesquisa (aluno de pós): Gabriel Barreto Rosello

7 de abril

Apresentação de Pesquisa (aluno de pós): Ricardo Mituti /  David Sergio Hornblas

28 de abril

Apresentação de Pesquisa (aluno de pós): Teca Mendonça / Alexandre Seraphim

12 de maio

Nádia V Vieira, Kelly Simone Almeida Cunegundes, Maria Auxiliadora Craice de Benedetto. Como fazer um projeto de História Oral e Narrativas em Saúde

Aula 1 - Leitura Obrigatória: WORKMAN, KAREN E PEREIRA, JESUS V. História Falada: memória, rede e mudança social. São Paulo: SESC SP: Museu da Pessoa: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006.

Leitura complementar: 

GONZÁLEZ REY, F. e QUEVEDO, J. E. M. El método de la historia de vida. in Subjetividad, cultura e investigación cualitativa: los antecedentes desde la personalidad y el método clínico. Bogotá: Editorial Aula de Humanidades, 2017.

Souza, R A C. Narrativas orais como fontes para uma compreensão histórica da experiência vivida

Nogueira, T J A M. MEMÓRIA, HISTÓRIA ORAL E NARRATIVA: O ENCONTRO DO POSSÍVEL NA MULTIPLICIDADE DE PONTOS DE VISTA

26 de maio

Como fazer um projeto de História Oral e Narrativas em Saúde

Aula 2 - Leitura Obrigatória: BENADIBA, L e PLOTINSKY, D. ? Que es la historia oral?  in De entrevistadores y relatos de vida: Introducción a la Historia Oral. Buenos Aires: Imago Mundi, 2005.

Leitura Complementar: Rodrigues, Heliana de Barros Conde. O zero e o infinito - Reflexões sobre o método biográfico em pesquisa histórica. in Análise Institucional, Genealogia, História Oral - Fabricando intercessores em pesquisa e intervenção. Curitiba: Appris, 2019. 

BARELA, L.;  MIGUEZ, M. E CONDE, L. G. La entrevista. in Algunos apuntes sobre historia oral y cómo abordarla.  Buenos Aires : Dirección General Patrimonio e Instituto Histórico, 2009.

9 de junho

Simeão Sass – Hermenêutica e saúde.

Aula 1- O caráter oculto da saúde

Leitura obrigatória: GADAMER, H-G. “Experiência corporal e objetivabilidade” in O caráter oculto da saúde. Petrópolis: Vozes, 2006.

23 de junho

Simeão Sass – Hermenêutica e saúde.

Aula 2- Concepção Hermenêutica de Saúde

Leitura obrigatória: AYRES, José R. C. M. “Uma Concepção Hermenêutica de Saúde” in PHYSIS: Rev. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 17(1):43-62, 2007.

© 2013 a 2021 - Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Rua Loefgreen, 2032 - Vila Clementino, São Paulo - SP 

Please publish modules in offcanvas position.